PREFEITURA QUER RECUPERAR E REABRIR ZOOLÓGICO PARA VISITAÇÃO DO PÚBLICO

Equipe Atitudenew

O serviço é a primeira etapa do desassoreamento do açude e integra um projeto de recuperação do zoo, que está fechado ao público há cerca de 10 anos.

Com a falta de manutenção ao longo da década passada, a represa foi reduzida a um pequeno espelho d’água que precisa ser esvaziado para permitir o desassoreamento.

Os peixes existentes no local foram transportados nesta terça (29) para o reservatório do Bosque Manoel Jorge, no Jardim Santa Rosa. Foram removidas carpas, tilápias, cascudos e pacus, todos em boas condições.

Depois da drenagem, uma empresa será contratada via licitação pela prefeitura para fazer a remoção do material sólido e a retirada da vegetação acumulados no leito do reservatório. Serão investidos R$ 150 mil neste procedimento.

“Desde 2021 a atual gestão vinha buscando formas de viabilizar economicamente as diversas etapas de recuperação necessárias, de forma que ele possa ser reaberto ao público em breve”, destacou o prefeito Cláudio Schooder, o Leitinho (PSD).

O desassoreamento deve durar em torno de 40 dias e deixará a represa apta a voltar ao processo de enchimento. Na sequência, a intenção da prefeitura é iniciar a revitalização da calçada externa do Parque Ecológico, que foi prejudicada pelo crescimento das árvores.

As demais etapas da reforma interna aguardam viabilização.

Mesmo fechado ao público, zoológico mantém animais

Fundado em dezembro de 2004, o Zoológico de Nova Odessa abriga cerca de 100 animais de espécies diferentes, como tucano, jacaré, jabuti, tigre d’água brasileiro, gato do mato, ema, macaco-prego, cachorro do mato, sagui, veado e araras. Eles recebem alimentação balanceada e atendimento veterinário 24 horas.

Além disso, os animais continuam com seus ciclos de reprodução normalmente, como aconteceu no início do mês de setembro, com o nascimento de uma arara-canindé.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *