26 MIL ALUNOS DA REDE MUNICIPAL SERÃO BENEFICIADOS JÁ NO INICIO DO ANO LETIVO.

Hortolândia já se prepara para o próximo ano letivo com a produção dos uniformes escolares, que beneficiam 26 mil estudantes da rede municipal em 2024. De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, responsável pelo CQP II curso de “Costura & Moda” (Centro de Qualificação Profissional), estão sendo confeccionadas um total de 130 mil peças de uniformes, por meio deste projeto. São 78 mil roupas de verão e 52 mil de inverno. Para o kit de verão, a produção inclui 52 mil camisetas e 26 mil bermudas. Já para o de inverno, são 26 mil calças e 26 mil jaquetas que estão sendo produzidas.

O processo de confecção é realizado por 50 bolsistas, sendo 48 mulheres e dois homens. Entre eles, 44 são aprendizes de costura, enquanto seis compõem a equipe de apoio. Esses aprendizes fazem parte do programa Acerte (Ação Cidadã de Requalificação, Trabalho e Educação), ligado à Secretaria de Governo, e recebem uma bolsa de R$710, além de uma cesta básica, para quatro horas diárias de aprendizado profissional.

“Temos um compromisso com a nossa cidade, de cada vez mais fortalecê-la com investimentos educativos que atendam as demandas das crianças, famílias e da escola. Esse investimento contempla roupas para o inverno e para o verão, que poderão ser utilizadas ao longo do ano letivo. Isso demonstra nosso comprometimento em promover o bem-estar dos estudantes ao proporcionar identidade, segurança e inclusão”, destaca o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Francisco Raimundo da Silva.

“O curso, parte integrante do programa de qualificação profissional da cidade, reúne talentosos aprendizes que se dedicam à produção dos uniformes. Esses alunos, munidos de habilidades adquiridas ao longo do treinamento, desempenham um papel crucial na garantia da qualidade e padronização das peças de vestuário, para os estudantes da rede municipal”, afirma a coordenadora do CPQ II, Edna Amaral.

“Participar do curso é muito enriquecedor para mim, aprendo bastante e o programa me auxilia significativamente em minha renda e profissão”, comenta a aluna do curso, Bianca Reimberg, de 22 anos, moradora do Jardim Novo Ângulo.

ENTREGA

Segundo a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, a entrega dos primeiros kits de 2024 está programada para fevereiro do próximo ano, coincidindo com o início das aulas, enquanto os kits de inverno serão distribuídos entre março e abril, antes do início do frio. Estudantes da Educação Infantil até a EJA (Educação de Jovens e Adultos) serão beneficiados com a distribuição dos uniformes escolares, uma ação que visa garantir igualdade entre crianças e estudantes.

“Para nossa rede de educação essa é uma grande parceria, pois além de oferecer a possibilidade de qualificação profissional com foco na geração de renda para os aprendizes do programa Acerte, a confecção de uniformes escolares é um direito que estamos garantindo às nossas crianças e estudantes”, ressalta o secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Fernando Moraes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *