TAMBÉM CONHECIDO COMO ‘PÓRTICO’, PROJETO EXECUTADO NÃO APRESENTA FUNCIONALIDADE ÚTIL À CIDADE DE SUMARÉ, COMO DEVERIA.

Equipe Atitudenew Sumaré

O prefeito Luiz Dalben, ao lado do deputado Dirceu Dalben e vice Henrique Stein, entregou no dia 29 de julho, o portal de entrada da Área Cura, na Estrada Municipal Américo Ribeiro do Santos. O novo ‘cartão postal’ da cidade, de acordo a prefeitura, foi construído em parceria com a empresa Multilog e conta com estruturas de concreto, além de paisagismo e painéis de led para informativos da prefeitura.

Participaram da cerimônia autoridades municipais, presidente da Câmara Municipal, vereador Hélio Silva, líder de Governo, vereador Willian Souza, e demais vereadores, além do vereador de Hortolândia, Enoque.

Os portais normalmente são construídos para algumas finalidades, como ponto turístico, base de segurança pública, assistência… Para tal, é necessário guarita, banheiros, ponto de água potável.

Sumaré, assim como Hortolândia, tem fugido à premícia e apresentado uma obra projetada apenas para enfeite e sem utilidade pública.

De acordo opinião dos moradores da Área Cura, o valor gasto poderia ter sido revertido em necessidades mais prioritárias, como remédios, fraldas geriátricas…

A dúvida que paira entre a população está em uma contradição:

A comunicação da Prefeitura informou aos veículos de comunicação que a obra foi construída em parceria com a empresa Multilog. No discurso de inauguração, o prefeito e o Deputado falaram sobre as despesas serem da prefeitura, fazendo inclusive uma sátira com o responsável de finanças da prefeitura sobre a liberação da verba.

Fizemos contato com a comunicação da Prefeitura e estamos aguardando esclarecimentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *