CERIMÔNIA DE POSSE CONTOU COM PRESENÇA DE AUTORIDADES DE PAULÍNIA E REGIÃO

Equipe Atitudenew

A Petrobras realizou em Paulínia, a cerimônia de posse do novo gerente geral da Replan, Raphael Franco de Campos no dia 21 de julho.

Participaram do evento o diretor de Processos Industriais e Produtos, Wiliam França, o diretor executivo de Comercialização e Logística, Claudio Schlosser, o secretário de governo e relações institucionais de Paulínia, Danilo Barros, representando o Prefeito Du Cazellato, além do Vereador e atual Presidente da Câmara, Edilsinho Rodrigues. Além do Prefeito de Cosmópolis, Junior Felisbino.

Raphael Franco de Campos ingressou na Petrobras em 2002. Antes de ser nomeado gerente geral da Replan, exercia, desde janeiro de 2023, o cargo de gerente geral da Recap, em Mauá. Na Petrobras, desenvolveu ampla carreira gerencial desde 2008, sempre ligadas ao refino. Foi supervisor, coordenador técnico de operação e gerente setorial das unidades de Coqueamento da Replan (2008-2013), gerente na Excelência Operacional de Hidrotratamento de Coqueamento (hoje Processo e Operação) na Sede (2013-2015), gerente geral adjunto na RLAM (2015-2018), gerente geral adjunto na Reduc (2018-2019) e gerente de operação na Replan (2019-2023).

Em seu discurso, o gerente geral Raphael Franco de Campos destacou a importância da Refinaria de Paulínia, que é responsável por fornecer cerca de 30% da demanda nacional de combustíveis. “Temos consciência de nosso papel na sociedade como uma empresa do tamanho que somos. Por isso, atuamos olhando também para fora de nosso negócio e de nossos muros. Apoiamos a educação, a cultura, projetos que promovem a inclusão, a diversidade e a geração de renda, com patrocínios sociais e ambientais do Programa Petrobras Socioambiental. Além disso, trabalhamos constantemente na evolução tecnológica e da nossa capacidade técnica, que nos permitem o desenvolvimento de uma carteira de projetos com foco na eficiência e transição energética. Um ponto hoje que nos deixa orgulhosos e orgulhosas, é o fato de a Replan estar apta a processar 100% petróleo do pré-sal, entregando, assim, derivados cada vez melhores para a sociedade”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *