MATERINIDADE HA 5 MESES COM PARTE DAS VAGAS INERDITADAS, E CAISM DA UNICAMP COM ATRASO NA REFORMA

Equipe Atitudenew Sumaré

Campinas esta registrando ocupação limitada para leitos neonatais, de acordo com a Secretaria de Saúde, o que é motivo de preocupação após cinco meses do fechamento de parte das vagas na Maternidade e a prorrogação para fim de obras na área específica do Caism da Unicamp.

De acordo a prefeitura, não há déficit e nem desassistência, mas admite esperar pela ampliação da estrutura na região por meio de acordo entre Hospital PUC-Campinas e governo de São Paulo.

Há também a falta de profissionais de saúde, que fez o Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) fechar 20 dos 36 leitos da UTI Neonatal da Maternidade em 16 de fevereiro. A Maternidade de Campinas é centenária e referência na região.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *